Como fazer um gráfico de dispersão (scatterplot) no R usando ggplot2

Existe alguma correlação entre a cilindrada de um motor e seu rendimento?

Para responder essa pergunta, utilizaremos gráficos de dispersão para avaliar se há alguma correlação entre elas, sendo que utilizaremos o pacote ggplot2 no R (esse processo também pode ser feito usando a função plot() ou até mesmo no Excel).

Nos acompanhe para aprender como fazer um gráfico de dispersão (scatterplot) no R.

Continuar lendo “Como fazer um gráfico de dispersão (scatterplot) no R usando ggplot2”

Como criar mapas 3D no Excel

Ao longo dos anos, o software Excel se tornou uma excelente ferramenta, especialmente para as empresas, sendo usada na gestão financeira, elaboração de planilhas e cálculos de controle. Mas, ele pode ainda ser utilizado em suas atividades acadêmicas ou para o gerenciamento de suas contas pessoais – Tudo isso com um único objetivo, é claro, o de otimizar seu tempo e facilitar suas tarefas.

Mas sua funcionalidade não se limita apenas em criar tabelas e gráficos simples, você pode criar tabelas dinâmicas, dashboards e banco de dados.

Existem ainda uma série de funções que são utilizadas na matemática financeira, engenharias, administração, biologia e contabilidade que vão desde funções como a função SE a funções para extrair textos de células.

Hoje iremos conhecer uma função utilizada para a criação de mapas (isso mesmo, mapas no Excel). Mas afinal, como encontrar esta função e como inserir um mapa no Excel? Continuar lendo “Como criar mapas 3D no Excel”

Como obter melhores resultados em sua consultoria ambiental

Profissionais de todas as áreas estão constantemente buscando formas de como conseguir ótimos resultados para as suas carreiras e, consequentemente, para os seus clientes. Não importa se você tem anos de experiência ou começou a atuar em determinado ramo agora, uma hora ou outra, você irá fazer a seguinte pergunta:

Como podemos trabalhar nossas competências e nos tornamos melhores consultores ambientais? Acompanhe nossa postagem (e o vídeo no final desta) e descubra a resposta.

Continuar lendo “Como obter melhores resultados em sua consultoria ambiental”

Coleta seletiva no Canadá

Há algum tempo, postei uma matéria sobre a coleta seletiva em países como Itália, Africa do Sul, Japão e Austrália (veja a matéria aqui). Agora nesta segunda etapa, selecionei apenas um país para descrever como funciona o seu sistema de coleta seletiva.

Vamos falar aqui nesta postagem sobre o Canadá, segundo maior pais do mundo. Mas afinal, como ocorre a coleta seletiva por lá?

Continuar lendo “Coleta seletiva no Canadá”

Como dividir um polígono no QGIS

No tutorial anterior, vimos a diferença entre ponto, linha e polígono, vimos que a espacialização dos dados nos software de geoprocessamento se dão por meio de raster e vetores e com isso aprendemos a criar uma camada vetorial no QGIS

Agora com o mesmo arquivo vetorial gerado no primeiro tutorial, iremos dividir esses polígonos, aprender a evitar intersecções, excluir feições, adicionar atributos e arquivos de referências – fique atento aos passos seguintes que ensinarei como realizar tudo isso.

Continuar lendo “Como dividir um polígono no QGIS”

Como criar uma camada vetorial no QGIS

Os polígonos são figuras fechadas formadas por segmentos de retas e são caracterizados pelos seguintes elementos: ângulos, vértices, diagonais e lados. Dentre suas inúmeras aplicações na Geografia ou áreas afins, especificamente para o geoprocessamento, podemos citar a definição de limites em diagnósticos ambientais e as áreas de preservação permanente.

Mas como podemos cria-los nos software de geoprocessamento? Isto é, no QGIS?

Continuar lendo “Como criar uma camada vetorial no QGIS”

Como configurar a escala gráfica no ArcGIS

Na cartografia, as escalas são utilizadas para indicar o grau de redução que um objeto, que é grande demais para ser representado numa folha de papel, foi reduzido; ou caso o objeto seja pequeno demais, foi aumentado.

Normalmente, são representadas na forma 1:100.000, que significa que 1 cm na folha é igual à 100.000 cm (ou 1 km) na realidade. Além dessa escala numéricas, é possível adotar uma escala gráfica, a qual representa tais distâncias por meio de retângulos ou linhas.

No ArcGIS, a inserção de escalas gráficas é simples, mas podemos realizar diferentes modificações para deixar a escala esteticamente agradável.

Continuar lendo “Como configurar a escala gráfica no ArcGIS”